Alagoas

Estado vai firmar parceria com Funai e Sesai no acolhimento a indígenas

Por Agência Alagoas, 11 Fevereiro de 2014 - 18:39

O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado de Promoção da Paz (Sepaz), vai atuar em parceria com a Fundação Nacional do Índio (Funai/AL) e a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) para levar acolhimento às comunidades com maior incidência de dependência química.

Para alinhar os primeiros passos dessa parceria, o secretário de Estado de Promoção da Paz, Adalberon Sá Júnior, reuniu-se nesta segunda-feira (10) com a representante da Sesai, Genilda Leão, que coordena o Distrito Sanitário Especial Indígena de Alagoas e Sergipe (DSEI/AL-SE), e o coordenador regional da Funai/AL, Frederico Vieira Campos.

 “Recebemos relatos de abusos de substâncias psicoativas em algumas comunidades indígenas do Estado e, para qualquer ação feita com este público, é imprescindível o trabalho em conjunto com a Funai e a Sesai. Então vamos alinhar as ações de sensibilização, orientação e, se necessário, acolhimento, e ver a melhor forma de proceder este atendimento”, declarou o secretário Adalberon.

 Equipes dos Anjos da Paz visitarão comunidades em quatro municípios, indicados pela Funai/AL e pelo DSEI/AL-SE, que também acompanharão a ação: Pariconha, Palmeira dos Índios, Joaquim Gomes e Porto Real do Colégio.

A possibilidade de acolhimento para os indígenas e a parceria entre as três instituições será discutida em reunião do Conselho Distrital de Saúde Indígena, no município de Pariconha, em data a definir. Como lembrou Adalberon, o prefeito do município, Fabiano Ribeiro, já esteve na Sepaz para solicitar a atuação da Secretaria.

 Também estiveram presentes na reunião o superintendente de Políticas sobre Drogas da Sepaz, Luan Gama, a psicóloga de Saúde Mental do DSEI, Regina Juliana Silva, e o assistente técnico da Funai, Amilton Diniz.

Comentários (0)

Deixe seu comentário

O seu comentário será exibido após a aprovação da nossa equipe.