Brasil/Mundo

250 ônibus estão parados após paralisação dos rodoviários nesta segunda-feira (20)

Por Rafael Araújo - Colaborador, 20 Agosto de 2012 - 06:35

 Motoristas e cobradores de várias empresas  não estam circulando com os coletivos em maceió nesta segunda-feira (20). A decisão é por reajuste salarial e foi tomada com o intuito de pressionar o aumento da passagem para R$ 2,30, segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário - Sinttro/AL, Écio Marques. A categoria informou que até o momento estão parados cerca de 250 ônibus  dos quase 600 que rodam na capital.

 

 

 

 A paralisação, que não tem o apoio do sindicato, envolve funcionários de diversas linhas, como a da empresa São Francisco -  em que rodoviários se recusam a rodar com os veículos. Trabalhadores, em protesto,  estiveram parados em frente à sede da empresa Nossa Senhora da Piedade, na Avenida Durval de Góis Monteiro, no bairro do Tabuleiro do Martins. 

 

 

 

Outro grupo de trabalhadores do setor rodoviário também paralisou os coletivos na região do Centro de Maceió. Estes se encontram na praça Sergipe, neste momento. Os funcionários incentivam  que os demais  também paralisem.

 

 

 

 

 

As primeiras informações desta manhã foram de que a Avenida Durval chegou a ser bloqueada e  muitos passageiros  se viram obrigados a descer dos coletivos. O trânsito esteve congestionado no local; um ônibus foi quebrado em meio a confusão que foi gerada durante a revolta da população.

 

 

 

 

 

 No dia 30  julho, nenhum ônibus  circulou na capital alagoana após uma paralisação dos rodoviários, decidida em assembleia, na tarde de sábado (28). A ação foi uma advertência para que os empresários negociassem com a categoria.

 

 

 

Em casos de paralisação ou greve dos rodoviários, a solução para mais de 300 mil pessoas,  que dependem do transporte coletivo em Maceió, é pegar  táxis, caronas  ou  lotações.

Comentários (2)

  • Maceió,20/08/12 Senhores. Mimha solidariedade aos Rodoviários,pois são um classe sacrificada.Eles trabalham aos sábados,domingos e feriados.São maltratados por muitos passageiros e humilhados pelos patrões.Merece o meu respeito e consideração. Cordialmente ADRIEL BATISTA CORREIA DE MELO

    Por Adriel Batista Correia de Melo, em 20 Agosto de 2012 - 11:33

  • é nessa brincadeira quem se ... é ha jente comerciantes que se acorda sedo para trabalhar, e outra daqui apouco ha passajem de onibos vai custar é 3.00

    Por cleberson albuquerque da silva, em 20 Agosto de 2012 - 08:30

Deixe seu comentário

O seu comentário será exibido após a aprovação da nossa equipe.