Voltar ao topo
De la roche s
Busca
Previsão do Tempo
Maceió/AL
Máx. 28° Min. 21°
Redes Sociais
Polícia
  • Orkut Button Share

Polícia Civil prende em Penedo acusado de estupro de uma criança de 11 anos

13 de Setembro de 2012 13:32

Redação com PC/AL

Tamanho do texto A+ a-
        Polícia Civil prende em Penedo acusado de estupro de uma criança de 11 anos
 

Foi preso na manhã desta quinta-feira, no município de Penedo (AL), José Carlos da Silva, de 33 anos, conhecido também como “Carlinhos”, acusado de estupro de uma criança de 11 anos de idade. A prisão foi efetuada por policiais civis, coordenados pelo Delegado Rubem Natário. O acusado não ficará preso naquela delegacia e sim em Arapiraca.

José Carlos estava foragido desde dezembro de 2010. O crime foi cometido no Povoado Entrada, zona rural do município de Olho D’água Grande. O mandado de Prisão Preventiva foi emitido pelo Juizado Criminal de São Brás, que responde pela comarca de Olho D’água Grande do Casado.

 “Carlinhos” foi capturado graças a denúncias anônimas recebidas pelo Centro Integrado de Operações da Secretaria de Estado da Defesa Social de Alagoas, que desde agosto deste ano, vem repassando os informes para serem investigados pela equipe do Delegado Rubem Natário.

“Permanecemos na diligência de campana a espera do aparecimento do procurado desde as primeiras horas da manhã de hoje, usando veículo descaracterizado, estacionado próximo da residência onde possivelmente estaria o criminoso. Por volta das 11h, ele apareceu na porta do imóvel repentinamente, sendo reconhecido e preso pelos agentes, que estavam disfarçados”, frisou o Chefe de Operações da 7ª DRP Carlos Welber.

O caso

Segundo os levantamentos policiais, José Carlos da Silva, no dia do crime, abordou a criança de 11 anos, arrastando a mesma com uso da força para o quintal da casa, onde rasgou suas roupas e abusou sexualmente do menor, que restou com vasto sangramento em suas partes íntimas.

O pai do menor, Genilson Pereira dos Santos, chegou a ver a saída rápida do criminoso pelo quintal de sua casa, observando também o seu filho sangrando em abundância. Ele tentou capturar o acusado que conseguiu empreender fuga e permaneceu desde então vivendo na impunidade.

O Conselho Tutelar do município de Olho D’água Grande acompanhou o caso e toda investigação policial na época, sendo destacado que antes deste fato, o criminoso teria exposto seus órgãos sexuais para outra criança de apenas cinco anos.

“Por conta do bárbaro crime atribuído ao José Carlos da Silva, o mesmo não será mantido na custódia da carceragem de Penedo, que hoje abriga mais de 65 presos provisórios. O preso será transferido para a Central de Polícia de Arapiraca”, concluiu Carlos Welber

Comunicar erros nesta notícia
  • Comente essa notícia

  • Comentários:

    Deixe seu comentário:













Serviços
© Copyright 2011 Alagoas em Tempo Real
VG/Web - Agência Digital